As partes se conciliaram, restando estipulado a retirada da sócia, ora Solicitada, recebendo para tanto a quantia de R$ 35.000,00 a título de apuração de haveres, a ser paga em 12 parcelas mensais e sucessivas, sendo as 10 primeiras no valor de R$ 3.000,00 e as demais de R$ 2.500,00, vencendo-se todo dia 20 de cada mês.
Até 10 de junho do corrente ano as partes deverão assinar o instrumento de alteração do Contrato Social, cabendo aos advogados constituídos nos presentes autos elaborar em conjunto o referido instrumento. No prazo de até 60 dias a sócia remanescente deverá proceder à alteração do contrato de locação do imóvel. Da mesma forma e no mesmo prazo as Solicitantes deverão promover a substituição dos fiadores do contrato de locação do imóvel, que hoje são os pais da sócia retirante. A juntada de instrumentos que comprovem que as alterações acima indicadas já foram feitas poderá ser feita no prazo de 5 dias. O descumprimento de quaisquer outras obrigações constantes do título autorizará a parte inocente a promover a execução judicial do presente título, acrescido da multa de R$ 10.000,00 (Dez mil reais).
Com o cumprimento de todas as obrigações constantes do presente título as partes dão uma à outra ampla, plena geral e irrevogável quitação em relação ao período em que a Solicitada foi sócia da empresa, declarando nada mais ter a receber a que título seja.